Multiplos processadores – Parte 2

Senhores,

No post passado expliquei como funciona um processador e como funcionam múltiplos processadores. Mas qual a vantagem disso na vida real? Se eu possuo um software como o SolidWorks ou o concorrente como ele se comporta?

Na prática, vamos a um pensamento considerando que nenhuma operação do SolidWorks suporta divisão de tarefas em múltiplos processadores. O que não é verdade, estou utilizando como suposição apenas… Prestem atenção.

Muitos clientes costumam ligar para o suporte técnico de sua revenda dizendo o seguinte

Gastei uma grana em um computador novo… Uma grana forte mas o processamento do SolidWorks é inferior ao que eu tinha antes. Ele parece lento… Mais travado.

Vamos analisar um exemplo:

O cliente tinha um pentium 4 com 3.8 GHz e trocou por um core 2 duo de 2.6 GHz. Vejam bem… São 2 processadores de 2.6 GHZ.

A história do meu gerente

Eu tenho um gerente que sempre conta uma história engraçada para ilustrar algumas situações da área técnica para múltiplos processadores ele também conseguiu encontrar.

Vamos a história propriamente dita…

No trajeto entre Curitiba e Joinville… Quem faz uma viagem mais rapidamente, uma Ferrari F 350 ou dois Ford Focus?

image

Já pensaram na resposta?

Pois é… Em alguns tipos de processamento não teremos como nos escapar da necessidade de um clock alto para os processadores. E os clocks baixaram nos últimos anos. Agora eles estão voltando a chegar no patamar que tínhamos a 6 anos afinal a tecnologia tinha mudado.

Iniciando o pensamento em SolidWorks – Sem múltiplos núcleos

Pensando que SolidWorks é um software baseado em recursos. Ele suportaria o processamento da reconstrução de uma peça com múltiplos núcleos?

Resposta simples

NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO!!!

O motivo é obvio para os usuários de SolidWorks que entendem um pouco de informática e a organização de uma árvore de recursos. Sempre que construimos uma peça, um recurso depende de outro. Por exemplo, um furo depende de uma extrusão que já foi definida anteriormente. Com esse tipo de situação, o SolidWorks não pode mandar o computador processar o furo em um processador e a extrusão em outro. Afinal… Um depende do outro e com isso a peça não pode ser distribuida nos diversos núcleos. Com isso, o processamento não ocorre de forma paralela mas de forma linear.

Não se desespere

Assim… Vou falar mais sobre isso não próximos dias mas mesmo considerando que o SolidWorks ocupe um processador para a operação de processamento da árvore de recursos, outros poderão estar ocupados com tarefas tão nobres quanto o SolidWorks

  • Um MP3 que toque algo agradável como The Rolling Stones
  • Um download que está sendo executado
  • Um browser que está informando o resultado do nosso time de coração com funcionamento normal.

Quem sai de um processador de núcleo simples para um multi core nota claramente que o MP3 nunca mais engasga durante o trabalho… Nobre isso, né?

Falando sério… No próximo post devo escrever mais sobre operações no SolidWorks que suportam processamento em múltiplos núcleos de processamento.

Sds,
Kastner