Configurações em Modelo – Parte 1 – Conceito

Senhores,

Quando falamos em configurações em peças e montagens não poderemos confundir com a customização de templates, formatos de páginas e outras coisas. Existe um recurso denominado configurações no SolidWorks que nos abre um leque a muitas possibilidades.

Quero falar disso em vários posts, mais uma série para o blog.


Conceito

Configurações originalmente foi lançado para suportar a variação de componentes para criação de famílias de peças. Hoje isso é secundário. Vejamos o que ele é capaz de suportar hoje com configurações

  • Variações de peças e criação de famílias de componentes
  • Simplificação de grandes montagens
  • Criação de modelo para simulação
  • Solução de problemas de arquivos de detalhamento
  • Múltiplas vistas explodidas por arquivo de montagem
  • Variações do modelo para animação
  • Variação do modelo para renderização

Como vocês podem conferir, não se trata de apenas uma funcionalidade. Contamos com toda uma gama de aplicações que acabam por ser o diferencial do SolidWorks.

Possibilidades de variações

São tantas coisas que podem variar em uma peça com configurações que podem nos assustar. O que desejamos fazer pode variar com o nosso conhecimento em SolidWorks.

  • Supressão ou não de recursos
  • Variação de valores de dimensões de recursos ou esboços
  • Localização de planos de esboços
  • Variação de posicionamentos
  • Estados de Exibição
  • Informações para listas de materiais
  • Materiais selecionados

Seleção do componente no Detalhamento

imageO que todo mundo se questiona é como selecionar a configuração correta no ambiente de desenho. A razão pela qual disso ocorrer é pelo fato que todas  as variações de componentes estão no mesmo arquivo de modelo.

Isso não é problema para o SolidWorks uma vez que basta selecionar na inserção da vista qual configuração será aplicada na vista de desenho.

Caso em meio ao detalhamento foi averiguada a inserção de um componente em uma configuração inadequada, basta clicar com o botão direito sobre a vista e selecionar a opção propriedades.

image

Com isso, selecionar a configuração adequada e confirmar a alteração do modelo se tornam suficientes.

Seleção de configuração para montagens

Em uma montagem, no comando de inserção de componentes poderemos clicar na opção “procurar” para navegar até o diretório da peça salva. Ao selecionar o arquivo, aparecerá a opção de selecionar a configuração da peça que será inserida.

image

Essa janela de seleção apenas aparece na inserção de peças pelo comando inserir componentes. Caso o componente seja inserido na configuração errada, basta clicar sobre o componente com o botão direito e selecionar a opção propriedades. Com isso, a peça será alterada para a configuração desejada.

Conclusões

Isso é o princípio do começo de uma nova série. Quero pensar comigo mesmo como ela poderá evoluir nos próximos dias.

Sds,
Kastner