Excel com o SolidWorks – Tabelas de projetos – Parte 1

Senhores,

Uma coisa que todos querem aprender a usar e compreender são as tabelas de projetos para gerar famílias de componentes. São muitos os casos em que encontramos catálogos, páginas Web com os nossos fornecedores de componentes nos disponibilizando um desenho genérico de seus componentes.


Polimold

O caso mais simples de localizarmos com peças para aplicarmos tabelas de projetos é de componentes da fabricante Polimold. Todos os seus extratores são separados nos catálogos por tipos e associados com dimensões de forma bem visual, conforme imagem abaixo

image

Particularmente, eu iria odiar montar um arquivo para cada tamanho de extrator para inserir em meu porta molde. Esse é um exemplo de peça totalmente aceitável.

Desenvolvimento do componente

O Componente é traçado normalmente, sem nada de diferente para ser cuidado. Algumas decisões que foram tomadas para facilitar a vida do usuário

  • Nomear as dimensões com os mesmos nomes que elas possuirão na tabela – Isso facilitará e muito o desenvolvimento da tabela de projetos no Excel.
  • Aceitar qualquer valor de dimensão que a cota possuir no momento do desenho – Os valores reais do desenho serão assumidos no momento em que a tabela Excel for criada.
  • Posicionar as dimensões para facilitar a interpretação do desenho
  • Ligar a visibilidade do nome das dimensões

Complementos do desenho

Uma coisa que eu sempre digo, raio vem sempre que possível em um recurso separado do esboço. Isso não é obrigatório mas ajuda em simplificações de montagens, já escrevi sobre isso em um post sobre criação de configurações simplificadas

http://www.kastner.com.br/2011/06/configuracoes-em-modelo-parte-4.html

http://www.kastner.com.br/2011/06/configuracoes-em-modelo-parte-5.html

http://www.kastner.com.br/2011/06/configuracoes-em-modelo-parte-6.html

Se não existirem os recursos em separado, não existirão meios de simplificar o modelo.

A criação da tabela

A inserção da tabela se torna bem simplificada uma vez que os recursos e dimensões estão nomeados.

São poucos os passos necessários para a inserção da tabela pois os recursos estão totalmente nomeados, o que facilita a inserção das colunas na ordem desejada.

No vídeo foi demonstrado que o esboço base estava sem um nome definido claramente para a tabela. Afim de facilitar os trabalhos, o nome do esboço foi modificado e a tabela atualizada automaticamente.

Edição da tabela

Mais uma vez, com objetivo de interpretar melhor a tabela, as colunas do Excel são ajustadas para que os componentes fiquem nas posições adequadas.

Preenchimento da tabela

O que torna a utilização das tabelas de projeto com o SolidWorks é a integração total com o Excel. Muitas coisas serão extremamente úteis aos usuários como:

  • Equações
  • Concatenações
  • Lógicas para preenchimento automático dos campos

Todas as funções do Excel ficam disponíveis dentro do SolidWorks e, com isso, o SolidWorks funciona rapidamente para gerar os dimensionais dos componentes.

O processo é bem simplificado mesmo, vale a pena conferir.

Existirão mais dois posts em continuação a esse, aguardem.

Sds,
Kastner